Campinas é o berço da fotografia mundial.

Sei que provavelmente você não conhece a cidade, e muito menos porque eu disse que ela é o berço da fotografia. Então lá vai uma descrição:

Campinas é uma cidade muito peculiar do Brasil. Foi tão importante no desenvolvimento do país que quase se tornou capital nos tempos de exploração cafeeira (séc. XIX), o maior momento de desenvolvimento econômico do Brasil, construído com base na escravidão e dos imigrantes italianos. Campinas era o centro produtor e distribuidor do café, e quase teve sua população, hoje de 1,2 milhões de habitantes, totalmente dizimada por um a epidemia de febre amarela.

Campinas - Fuji Acros 100 @ EI 200
Campinas – Fuji Acros 100 @ EI 200
Campinas - Ilford HP5+ @ EI 400
Campinas – Ilford HP5+ @ EI 400

Infelizmente, conservar sua memória é algo que Campinas não é boa. Quase tudo foi destruído desde de sua fundação em 1774. Restam poucos prédios históricos, e os que sobraram estão em péssimo estado de conservação. Não existem muitos museus, e os que existem estão sucateados e abandonados. Por ser um polo industrial e tecnológico, se tornou local de emigração. A conservação e promoção da cultura nunca foi prioridade.

Campinas - Ilford HP5+ @ EI 400
Campinas – Ilford HP5+ @ EI 400
Campinas - Ilford Pan 400 @ EI 800
Campinas – Ilford Pan 400 @ EI 800

Campinas é essencialmente uma cidade de trabalho. É estranha, grande e populosa, mas que conserva ares de cidade de interior, de cultura heterogênea, com muitas famílias ricas provenientes dos barões do café e donos de industrias. Há muita pobreza, racismo e preconceitos, fruto de ter sido a última cidade no Brasil a abolir a escravidão e por ainda viver num certo isolamento cultural mesmo tendo tido como cidadãos ilustres, pessoas como o compositor Carlos Gomes.

Campinas - Kodak Tri-X 400 @ EI 1600
Campinas – Kodak Tri-X 400 @ EI 1600
Campinas - Lomography BN 100 @ EI 100
Campinas – Lomography BN 100 @ EI 100

Esta é a cidade que nasci, cresci, ainda moro e que tento retratar nas minhas fotos. Não é uma cidade de bonita arquitetura e nem em produção cultural, mas tem a fotografia como parte da sua história. Foi aqui que ela nasceu. Achou estranho? Mas foi aqui que Hercule Florence, o verdadeiro pai da fotografia, criou e desenvolveu sua técnica.

Campinas - Kodak Tri-X 400 @ EI 400
Campinas – Kodak Tri-X 400 @ EI 400
Campinas - Kodak Tri-X 400 @ EI 1600
Campinas – Kodak Tri-X 400 @ EI 1600

Antoine Hercule Romuald Florence foi um inventor, desenhista e polígrafo nascido em Nice, cidade francesa, em 1804. Se mudou para Campinas após uma expedição junto naturalista alemão Barão Georg Heinrich von Langsdorff pelo interior do Brasil. Casou-se aqui com a filha de um importante político e fixou-se.

Campinas - Ultrafine Xtreme 400 @ EI 400
Campinas – Ultrafine Xtreme 400 @ EI 400
Campinas - Ultrafine Xtreme 400 @ EI 400
Campinas – Ultrafine Xtreme 400 @ EI 400

Foi em Campinas que começou a pesquisa acerca da fotografia, analisando as propriedades do nitrato de prata e como ela reagia quando exposta à luz. Suas primeiras experiências com a câmera escura datam de janeiro de 1833 e encontram-se registradas no manuscrito “Livre d’Annotations et de Premier Matériaux”, onde Hercule emprega pela primeira vez a palavra “photographie”, 5 anos antes dela ser utilizada na Europa.

Isto eu garanto que você não sabia.

Fiquem com algumas fotos minhas desta cidade, então berço da fotografia.

~ Bruno Silva

 

Write for EMULSIVE

The driving force behind EMULSIVE is knowledge transfer, specifically creating more of it in the film photography community. You can help by contributing your thoughts, work and ideas to inspire others reading these pages.

Take action and help drive an open, collaborative community: all you need do is read this and then drop me a line.

 

Lend your support

Like what you see here? You can support EMULSIVE by helping to contribute to the community voice on this website (see above), or by heading on over to the EMULSIVE Patreon page and adding financial support from as little as $2 a month.

As if that’s not enough, there’s also an EMULSIVE print and apparel store over at Society 6, currently showcasing over two dozen t-shirt designs and over a dozen unique prints of photographs made by yours truly.

 

2 COMMENTS

Add your voice

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.